• (14) 3402-1744
  • superintendencia@hc.famema.br

Orientações aos Visitantes das UTI(s) Adulto

   ORIENTAÇÕES AOS  VISITANTES DAS UTI’S 

 Horários de Visitas

 Diurno: 13h30 às 14h00

Noturno: 20h30 às 21h00

 Todos os dias da semana, duas (2) pessoas .

 Visita Religiosa: 11h00 às 12h00

 O que significa UTI?

UTI é a sigla de Unidade de Terapia Intensiva. É o setor do hospital que reúne recursos mais adequados e avançados ao tratamento de pacientes em estado grave e daqueles que necessitam de mais vigilância e mais aparelhos ao lado do leito. Não se assuste com a quantidade de equipamentos existentes, eles estão ali para o benefício do paciente.

  •  permitido realizar visita diária aos pacientes, utilizando o crachá identificado com o nº do leito na UTI, sendo colocado em local visível. Ao término da visita, o crachá deverá ser devolvido no mesmo local onde foi retirado.
  • Ao entrar na UTI para a visita é necessário desligar o aparelho celular.
  • É proibido tirar fotos de pacientes internados em UTI, devido ao princípio de proteção da vulnerabilidade e da privacidade do paciente em estado crítico e dependente de cuidados intensivos. (CREMESP – Art. 75 do Código de Ética Médica, Cap. IX).
  • Lavar as mãos antes e depois da visita é o ato mais importante para a prevenção de infecção hospitalar.
  • Não colocar seus objetos pessoais no balcão do leito ou em cima da cama do paciente.
  • Importante: É proibido visitar outros leitos.
  • Apenas informações que constam no boletim médico diário serão fornecidas via contato telefônico pela atendente. Maiores esclarecimentos, somente diretamente com o Médico responsável durante o horário de visita (período diurno).
  • Durante a visita, o médico irá falar sobre as informações com o familiar ou responsável. Esta pessoa necessita estar tranquila, sendo capaz de compreender as informações sobre o quadro clínico do paciente para evitar erros de comunicação.
  • Não recomendamos a entrada de menores de 14 anos. Havendo desejo, a possibilidade em fazer a visita será avaliada pela  enfermeira e psicóloga da unidade. A psicóloga ficará responsável pela avaliação inicial dos familiares e da criança, seguindo em discussão com a Equipe para ações conjuntas.
  • Não manipular o paciente sozinho ou retirar qualquer acessório sem a presença da enfermagem. Se necessário, chame alguém da Equipe.
  • Alimentos e/ou bebidas não devem ser oferecidos ao paciente, pois o mesmo será alimentado conforme prescrição do médico e nutricionista, de acordo com seu estado clínico.
  • Não fornecemos atestado de acompanhante. Para declaração de comparecimento na visita, procurar a Equipe Multiprofissional da UTI.
  • A UTI não dispõe de acomodações para acompanhantes de pacientes, sendo disponibilizadas Casas de Apoio através do Serviço Social para pessoas que residem fora do município de Marília. (Ramal: 1236)
  • Não nos responsabilizamos por pertences pessoais dos pacientes e familiares.

 

  • O que devo dizer ao meu familiar? Posso tocá-lo?

Você deve conversar com ele da mesma maneira com que o faz habitualmente. De toda forma, lembre-se de que talvez a pessoa não responda devido ao uso de tubo respiratório que o impede de falar ou devido a estados alterados de consciência.

Se o paciente está acordado e tem um tubo respiratório, faça perguntas simples que possam ser respondidas com um leve movimento de cabeça para dizer “sim” ou “não”. Ocasionalmente, nestas situações, os pacientes sentem-se emocionados e estimulados, o que  afeta temporariamente os sinais vitais (batimentos cardíacos e respiração) sem prejuízo da sua saúde. Se houver dificuldade na comunicação, a Equipe da UTI o ajudará a encontrar formas de mostrar seu apreço por seu familiar.

Sim, você pode tocá-lo.

 

Lembrete: * Lavar as mãos antes e depois da visita *

 

  • Cuide de você

A rotina de visitas, ruídos, alarmes e odores característicos do hospital, muda a rotina de sua vida. Lembre-se que você precisa se alimentar, dormir e descansar adequadamente. O tempo de internação na UTI pode ser uma das etapas em um longo período de recuperação e você precisará estar mais fortalecido.

Muitas vezes você se sentirá mero expectador à espera da resolução da situação, mas você pode fazer algo: cuidar de si e do seu bem-estar.

 

  • Momento da Alta da UTI

O paciente receberá alta da UTI somente quando os sintomas estiverem controlados ou também quando necessitar de Cuidados Paliativos. Este cuidado é para pacientes cujas doenças não respondem mais ao Tratamento Curativo. São importantes o controle da dor e outros sintomas, como também os psicológicos, sociais e espirituais.